Transaminase glutâmico oxalacética (TGO) 

Também chamada aspartato aminotransferase (AST), antigamente chamada transaminase glutâmica-oxaloacética de soro, é uma de duas enzimas que catalisam a conversão da porção nitrogenada de um aminoácido para um resíduo de aminoácido. Essencial para a produção de energia no ciclo de Krebs, a TGO é encontrada no citoplasma e mitocôndrias de muitas células, primariamente, no fígado, coração, músculos esqueléticos, rins, pâncreas e hemácias. 

Objetivos

Auxiliar na detecção e diagnóstico diferencial de doença hepática aguda.

Monitorar o progresso do paciente e o prognóstico em doenças cardíacas e hepáticas.

Auxiliar no diagnóstico de IM em correlação aos níveis de CK e DHL. 

Preparo do paciente

Jejum de 4 horas. 

Valores de referência

Método: química seca, cinético, automatizado.

Feminino: até 32 U/l.

Masculino: até 38 U/l. 

Achados anormais

Os níveis de TGO flutuam em resposta à extensão da necrose celular, mostrando elevações transientes mínimas no início do processo da doença e elevações extremas durante a maior parte da fase aguda. A elevação em níveis de TGO indica aumento da gravidade da doença e comprometimento dos tecidos; uma diminuição indica resolução da doença e recuperação do tecido. 

As elevações máximas (mais de 20 vezes o normal) podem indicar uma hepatite viral aguda, grave trauma de músculo esquelético, cirurgia extensa, comprometimento hepático induzido por droga ou grave congestão passiva do fígado. 

Os altos níveis (10 a 20 vezes o normal) podem indicar IM grave, mononucleose infecciosa grave ou cirrose alcoólica. Também ocorrem altos níveis nos estágios prodrômicos e de resolução, que causam as elevações máximas. 

Níveis de moderados a altos (5 a 10 vezes o normal) podem indicar distrofia muscular de Duchenne, dermatomiosite ou hepatite crônica. Níveis de moderados a altos também ocorrem durante os estágios prodrômicos e de resolução de doenças, que causam as altas elevações. 

Os níveis de baixos a moderados (2 a 5 vezes o normal) ocorrem em alguma época durante qualquer uma das condições de doenças precedentes, ou podem indicar uma anemia hemolítica, tumores hepáticos metastáticos, pancreatite aguda, embolia pulmonar, delírio por remoção de álcool ou esteatose. Os níveis de TGO sobem ligeiramente após os primeiros dias de obstrução do duto biliar. 

Exames correlatos

Transaminase glutâmico pirúvica (TGP), gama glutamil transferase (Gama GT) e fosfatase alcalina.