Ferro e capacidade de ligação de ferro total 

O ferro é essencial para a formação e função da hemoglobina, bem como de muitos outros compostos heme e não-heme. Após ser absorvido pelo intestino, o ferro é distribuído a diversos compartimentos do corpo para síntese, armazenamento e transporte. 

Um ensaio de ferro é utilizado para medir a quantidade de ferro ligado à transferrina em plasma sangüíneo. A capacidade de ligação de ferro total (TIBC) mede a quantidade de transferrina que apareceria no plasma, se toda ela estivesse saturada de ferro. A porcentagem da saturação é obtida dividindo-se o resultado de ferro sérico pelo TIBC, o que revela a quantidade real de transferrina saturada. 

O ferro sérico e o TIBC são diagnosticamente mais úteis quando efetuados com um ensaio de ferritina sérica, porém, juntos, esses testes podem não refletir com precisão o estado de outros compartimentos de ferro, como o ferro da mioglobina e o “pool” de ferro lábil. A biópsia de medula óssea, biópsia de fígado e estudos de absorção ou excreção de ferro podem fornecer mais informação. 

Objetivos

Estimar o armazenamento de ferro total.

Auxiliar no diagnóstico de hemocromatose.

Auxiliar a distinguir anemia por deficiência de ferro de anemia devido à doença crônica.

Auxiliar a avaliar estado nutricional. 

Preparo do paciente

Jejum de 4 horas.

Valores de referência

Método: Guanidina/Ferrozina, automatizado.

Capacidade de ligação de ferro total: 250 a 450 microgramas/dl.

Ferro sérico livre: 150 a 340 microgramas/dl.

Grau de saturação: 20 a 55%. 

Achados anormais

Em deficiência de ferro, os níveis séricos de ferro decrescem e o TIBC aumenta, o que reduz a saturação. Em casos de inflamação crônica (como em artrite reumatóide), os níveis séricos de ferro podem ser baixos, mesmo que os estoques corpóreos sejam adequados, porém o TIBC pode permanecer inalterado ou pode diminuir para preservar a saturação normal. A sobrecarga de ferro pode não alterar os níveis séricos por muito tempo, porém, em geral, esses níveis aumentam e o TIBC permanece igual, o que aumenta a saturação. 

Exames correlatos

Hemograma completo, transferrina, ferritina e ácido fólico.