Calciúria e Fosfatúria de 24 horas 

Este teste mede os níveis de cálcio e fosfatos, elementos essenciais para formação e reabsorção óssea. Os níveis urinários de cálcio e fosfatos geralmente acompanham os níveis séricos. 

Normalmente absorvidos no intestino superior e excretados nas fezes e urina, o cálcio e fosfatos ajudam a manter o pH dos tecidos e dos líquidos, equilíbrio eletrolítico em células e líquidos extra-celulares e a permeabilidade de membranas celulares. O cálcio promove o processo enzimático, ajuda na coagulação sangüínea e diminui a irritabilidade neuromuscular; os fosfatos ajudam no metabolismo de carboidratos. 

Objetivo

Avaliar o metabolismo e excreção de cálcio e fosfatos.

   Monitorar o tratamento de deficiência de cálcio ou fosfatos. 

Valores de referência

Método para calciúria: espectrofotometria de absorção atômica.

Método para fosfatúria: colorimétrico.

Calciúria de 24 horas:

Adultos: 55 a 220 mg/24 h.

Crianças: até 4 mg/kg/24 h.

Fosfatúria de 24 horas:

400 a 1300 mg/24 h.

Achados anormais

Os níveis de cálcio e fosfatos variam dependendo da desordem envolvida. A seguir encontra-se uma lista de desordens e seus níveis urinários de cálcio e fosfatos associados:

Nefrite aguda: ambos suprimidos.

Nefrose aguda: cálcio suprimido; fosfatos suprimidos ou normais.

Nefrose crônica: ambos suprimidos.

Hiperparatireoidismo: ambos suprimidos.

Hipoparatireoidismo: ambos suprimidos.

Carcinoma metastático: cálcio elevado; fosfatos normais.

Síndrome do leite-álcali: ambos suprimidos ou normais.

Mieloma múltiplo: ambos elevados ou normais.

Osteomalacia: ambos suprimidos.

Doença de Paget: cálcio normal ou elevado; fosfatos normais.

Sarcoidose: cálcio elevado; fosfatos suprimidos ou normais.

Insuficiência renal: ambos suprimidos.

Acidose tubular renal: ambos elevados.

Esteatorréia: ambos suprimidos.

Intoxicação por vitamina D: cálcio elevado; fosfatos variáveis. 

Exames correlatos

Cálcio e fósforo séricos, fosfatase alcalina, uricosúria de 24 horas, perfil para nefrolitíase.